19/03/07

Cornélio, o centurião

“… O anjo do Senhor entrando em sua casa e chamando-o : Cornélio!”

Segundo o relato dos Actos dos apóstolos Cornélio era o nome do primeiro gentio, ou seja, não judeu e incircunciso, a converter-se ao cristianismo. Cornélio era oficial do exército romano, um centurião, ou seja, um oficial responsável por comandar uma centúria, a unidade básica das legiões romanas, dando ordens que deveriam ser prontamente obedecidas pelos soldados. Cornélio vivia Cesaréia, onde tinha a sua própria casa. O seu nome romano sugere que talvez tenha pertencido a uma família nobre na cidade imperial. O livro bíblico dos Actos dos Apóstolos descreve este homem da seguinte forma em Actos 10,1- 2
"Na cidade de Cesaréia morava um homem chamado Cornélio, centurião da corte chamada Itálica. Era piedoso e, junto com todos os da sua família, pertencia ao grupo dos tementes a Deus; dava muitas esmolas ao povo e orava sempre a Deus."
Foi a este homem que apareceu em visão um anjo, que lhe assegurou o favor de Deus e lhe deu instruções para que mandasse alguém a Jope buscar o Apóstolo Pedro.
Cornélio, junto com a sua família e amigos, foi assim o primeiro dos não - judeus incircuncisos a tornar-se cristão. Esta ocasião histórica levou Pedro a exclamar
Actos 10,34- 35
"Certamente percebo que Deus não é parcial, mas, em cada nação, o homem que o teme e que faz a justiça lhe é aceitável”
Cornélio é de facto a porta que se abre e onde começa a se sentir que não existe acepção de pessoas e onde o Cristianismo começa a caminhar para todos.

Nenhum comentário: